Aprenda a ser mais cuidadoso com as suas senhas

Encontre na trademinas a solução

02 ago
16
password625

Se você tivesse vários filhos com certeza não daria o mesmo nome a todos eles para ser mais fácil de lembrar, certo? Mas é isso que fazemos com as nossas senhas. Pode parecer conveniente – e muito mais fácil de lembrar – usar a mesma senha para todas as contas online, mas uma única senha para todas as contas também pode facilitar que hackers ou pessoas mal intencionadas acessem informações pessoais valiosas e até mesmo roubem perfis em mídias sociais.

Se um hacker tiver acesso ao login e senha de uma pessoa, cadastrados em um site qualquer, ele tentará usar as mesmas informações em serviços de e-mails, mídias sociais e sites de compras. Se a pessoa usar a mesma senha para todas as suas contas ele terá sucesso e, consequentemente, terá acesso a várias informações pessoais da vítima. Com sorte ele pode até achar um número de cartão de crédito registrado em algum dos sites utilizados.

A maioria de nós mantém diversas contas de e-mails pessoais e corporativos, contas em mídias sociais, em sites de compras, em serviços de compartilhamento de arquivos, dentre tantas outras. O número de contas e senhas que temos que usar frequentemente nos leva à inevitável questão: “Se não podemos usar a mesma senha para todas as nossas contas, como é possível que nos lembremos de todas?”. A solução é fácil. Você precisa de um gerenciador de senhas.

Uma única pessoa pode facilmente ter centenas de cadastros online e realmente é inviável criar e lembrar de senhas diferentes para todos. Por sorte o mercado já disponibiliza soluções para nos ajudar nesta tarefa. Um gerenciador de senhas irá ajudá-lo a criar e guardar senhas fortes e diferentes para todas as contas e ainda criará uma senha mestre para o gerenciamento de todas as outras contas.

Dessa forma, é preciso se lembrar de apenas uma senha. Mas é importante salientar que, para que o gerenciador seja seguro, é preciso que a ferramenta permita fazer login em sites e aplicativos usando não apenas a senha mestre, mas também inclua diversos outros fatores de autenticação que são exclusivos do usuário como reconhecimento facial, reconhecimento de voz e impressões digitais, além de bloquear o acesso em dispositivos que você não costuma usar.

Para uma senha ser considerada forte e segura ela precisa ter pelo menos oito caracteres e ser formada por uma combinação de números, letras e caracteres especiais como ponto, espaço, hífen, símbolos, etc. As senhas também devem ser trocadas com frequência e nunca devem ser compartilhadas, nem mesmo com pessoas de confiança.

Fonte: CIO